Lisboa

Air Products, a empresa mais comprometida com o meio ambiente, de acordo com o ranking Barron’s que definiu “As 100 empresas mais sustentáveis dos Estados Unidos” de 2021

Ocupa a 13ª posição na classificação geral 

A Air Products (NYSE:APD), líder global no setor dos gases industriais, e da qual a Gasin faz parte, foi classificada pela Barron’s como a empresa mais comprometida com o meio ambiente, na classificação efetuada para 2021 sobre as empresas mais sustentáveis dos Estados Unidos. < p/>

A Barron’s colocou a Air Products no 13º lugar da lista das 100 empresas mais sustentáveis, uma subida de 20 posições face ao ano anterior. A Air Products alcançou o primeiro lugar do ranking na categoria que faz referência ao compromisso com o meio ambiente, e que valoriza as empresas pelos seus esforços em reduzir o impacto em todas as suas operações e oferecer soluções sustentáveis.

A Barron’s destacou especialmente o feito de que a Air Products, que surge na lista das Empresas Mais Sustentáveis há três anos consecutivos, comprometeu-se com milhares de milhões de dólares de capital para o maior projeto de hidrogénio renovável da história que irá fornecer hidrogénio livre de carbono ao mundo e em larga escala em 2025.

“A sustentabilidade está no centro do que fazemos. Os nossos gases industriais, tecnologias e aplicações permitem que clientes em todo o mundo reduzam o uso de energia, diminuam as emissões e aumentem a produtividade ”, disse Seifi Ghasemi, Chairman, President and Chief Executive Officer da Air Products. “Estamos orgulhosos por termos sido reconhecidos pela Barron's pelos nossos esforços e pelas soluções de sustentabilidade mas sabemos que há sempre trabalho por fazer e é por isso que a Air Products está a desempenhar um papel de liderança na resposta aos desafios ambientais e energéticos significativos por via da gaseificação, captura de carbono e de hidrogénio para soluções de mobilidade em todo o mundo. ”

Um projeto chave desenhado para responder à necessidade de energia limpa é NEOM. No ano passado, a Air Products, em conjunto com a ACWA Power e a NEOM, assinou um acordo no valor de 5 mil milhões de dólares para a instalação de uma unidade de produção de amoníaco baseado em hidrogénio verde, alimentada por energia renovável. O projeto, que será detido por três parceiros, ficará localizado no NEOM - um novo modelo de vida sustentável a ser localizado no noroeste do Reino da Arábia Saudita e irá produzir amoníaco verde para exportação para os mercados globais. 

A Air Products será o comprador exclusivo do amoníaco verde e irá investir mais 2 mil milhões de dólares adicionais no processo de produção, pelo que o investimento total da empresa ascenderá a 3,7 mil milhões de dólares. A Air Products irá transportar o amoníaco verde para todo o mundo para depois ser usado para a produção de hidrogénio verde para transportes e para outros mercados. 

Para a elaboração da quarta lista anual das empresas mais sustentáveis, a Barron’s trabalhou com a Calvert Research & Management, uma importante empresa de investimentos sustentáveis, que analisou as 1.000 maiores empresas de capital aberto dos Estados Unidos (EUA), em função da sua capitalização de mercado. Cada empresa foi classificada em cinco categorias: acionistas, funcionários, clientes, comunidade e planeta.

Para promover os seus esforços de sustentabilidade, a Air Products também anunciou em 2020 uma nova meta de sustentabilidade para reduzir a intensidade das suas emissões de dióxido de carbono (CO2) (kg CO2 / MM BTU) em um terço até ao ano de 2030 tendo como referência a base de 2015.  

O reconhecimento da Barron’s surge na sequência de outras distinções como por exemplo a inclusão recente no S&P Global 2020 Sustainability Yearbook e na lista Corporate Knights ’Clean 200 pelo terceiro ano consecutivo. O Clean 200 foi criado em 2016 e classifica as maiores empresas de capital aberto em função das avaliações sobre energia verde. 

A Air Products também foi incluída na lista do Wall Street Journal com as 100 empresas mais sustentáveis e que avaliou mais de 5.500 empresas de capital aberto com base em métricas de sustentabilidade em áreas como modelo de negócios e inovação, questões externas sociais e problemas com produtos, problemas ambientais com funcionários ou locais de trabalho. Além disso, a Air Products foi também incluída, em novembro, no Índice Dow Jones de Sustentabilidade na América do Norte (DJSI) pelo 11º ano consecutivo. O reconhecimento do DJSI 2020/2021 colocou a Air Products no topo dos 20% das maiores empresas norte-americanas no seu grupo de indústria em termos de desempenho de sustentabilidade corporativa.

Informação adicional sobre os compromissos ambientais estão disponíveis no seu website de sustentabilidade.